- Venha tesouro, não brinque com essa gentalha!

luccasbataglia:

image

-Menino Retardado

(via coffe-n-guns)

2 years ago
34,057 notes

       Ultimamente as redes sociais estão me irritando mais do que o normal. Claro, o que me estressa não é o seu funcionamento, tampouco a falta de exclusividade, mas sim os comentários polêmicos e generalizados sobre assuntos em que, na maioria das vezes, esse tipo de opinião é desnecessário

       Corrupção, prostituição, criminalidade, opção sexual, músicas, saúde. As opiniões sem informatividade circulam os assuntos mais importantes até os mais banais. Respeito totalmente aqueles que como eu, gostam de expressar sua opinião, mas até mesmo o mais marginal de todos deve ser tratado com dignidade, pois ao mesmo tempo em que existem pessoas que são contra tal assunto, há aquelas que são a favor. Infelizmente, os comentaristas mais desrespeitosos a meu ver, são os “ateus de internet”. Não se engane, eu não falo sobre aqueles que seguiram os amigos, ou acharam a palavra bonita e resolveram tentar. Na verdade, eu falo sobre aqueles que não sabem o que é ser ateu. Estes sim, são os que mais me preocupam.

       Sem muita enrolação, ser ateu significa não acreditar em um ser divino. Só isso. O fato de uma pessoa ser ateísta, não a da o direito de criticar e/ou ofender aqueles que acreditam e seguem qualquer religião. Também, não faz da pessoa mais ou menos inteligente, não a deixa imune a problemas sociais, não a faz melhor que ninguém. Já ouvi falar de ateus que, por exemplo, frequentavam cultos por acham bonito, sem aquela necessidade de criticar, de converter.

       Isso tudo não significa que eu não gosto de ateus, ou que sou a favor de alguma religião. O que eu desprezo é essa necessidade de criticar, de se julgar melhor, de falar sem ter noção do que está falando, sem querer arcar com as consequências
       Essa falta de respeito disfarçada de opinião, não é exclusividade do campo religião. A homofobia e a falta de tolerância musical são outros exemplos de muitos. Se todas essas disputas de preferência não levaram nada de bom para ninguém até hoje, o passo para a evolução não estaria na junção de todos por uma causa maior e mais importante?

2 years ago
1 note